Pages

 

domingo, 24 de outubro de 2010

Água em pó: mastigue bem antes de engolir

4 comentários
Talvez você esteja pensando que água seca é coisa de cientista maluco, tal como a o elixir da longa vida e a tentativa de transformar metais diversos em ouro que eram duas obsessões dos alquimistas, mas água seca não é loucura não.

Também não é a ultima descoberta da ciência, ela existe desde 1968, mas a dificuldade em produzir essa água sólida que não é gelo, e que é tão útil quanto sua irmã molhada, fez com que ela ficasse restrita aos laboratórios para exploração cientifica, assim como alguns elementos químicos presentes na tabela periódica.


A água seca recebe este nome porque apesar de 95% de sua composição ser água, ela se apresenta na forma de um seco.

Essa água se apresenta na forma de pó, igual a cristais de açúcar, pelo fato de que cada gota de água está cercada por sílica (óxido de silício), o mesmo material que forma a areia.

O posicionamento da sílica impedem que as gotas de água se combinem para assim voltar a ser água molhada novamente.

A água seca se mostra bastante útil para absorver gases tal como o gás carbônico que é um dos gases responsáveis pelo efeito estufa, mas isso não é exclusividade da água seca, pois, a água molhada há tempos é usada na indústria em suas chaminés para remover os gases poluentes para que não podem ser lançados no meio ambiente.

Devido essa capacidade de absorver gases em grandes quantidades, os cientistas estudam a possibilidade da água seca ser usada para aprisionar o metano, que é um gás natural que está presente nos botijões de gás das cozinhas. Aparentemente, isso não parece trazer nenhum beneficio, mas como gás ocupa muito mais volume que os sólidos, então, a capacidade de estocagem do gás aumentaria bastante, ou seja, seu botijão de gás poderá durar muito mais tempo.

Outra possibilidade de uso é que a água seca seja empregada na fabricação de produtos químicos perigosos, assim os riscos durante o transporte e manuseio desses produtos sejam diminuídos.

Pois é, aquela frase “água mole pedra dura tanto bate até que fura” parece estar perdendo sentido, pois, com a água seca não será necessário bater tanto assim para furar a pedra.

Já a a justificativa dos beberrões será mais que uma verdade, vejamos o que dizem: "bebo porque é líquido, porque se fosse sólido eu comeria".


No futuro, quem sabe “lavagem a seco” realmente seja a seco e sair na chuva não signifique necessariamente se molhar.

Só fiquei encucado com uma coisa, mais difícil do que beber a água seca vai ser na hora de fazer xixi... brincadeira, a água sólida não é boa pra consumo justamente por causa da sílica que pode machucar os rins.
Read more...

Seguidores